Novena breve da família: 7)

Esta “Novena breve da Família” tem como finalidade acompanhar o desejo do Papa Francisco de refletir sobre o valor divino da família cristã e de rezar pelo bem da família, preparando assim ao longo do ano os frutos do Sínodo da Família, que será celebrado em outubro de 2015.

7º DIA: COLABORADORES DE DEUS

            Reflexão: Palavras de São Josemaria

1) O Senhor santifica e abençoa o amor do marido pela mulher e o da mulher pelo marido: estabelece não somente a fusão de suas almas, mas também a de seus corpos […]. O Criador deu-nos a inteligência, que é como uma centelha do entendimento divino, e que nos permite –  mediante a vontade livre, outro dom de Deus –  conhecer e amar; e deu ao nosso corpo a possibilidade de gerar, que é como uma participação do seu poder criador. Deus quis servir-se do amor conjugal para trazer novas criaturas ao mundo e aumentar o corpo da sua Igreja (É Cristo que passa, n. 24).

2) Abençoo os pais que, recebendo com alegria a missão que Deus lhes confia, têm muitos filhos. Convido os casais a não estancarem as fontes da vida, a terem sentido sobrenatural e coragem para manter uma família numerosa, se Deus a envia (Questões atuais do Cristianismo, n. 94).

INTENÇÕES

Peçamos a Deus nosso Senhor, por intercessão de São Josemaria:

A) Que saibamos agradecer-lhe todos os dias o grande dom dos filhos e vejamos na sua educação uma parte importante da missão que Deus nos confiou. E que se, porventura, algum dos nossos filhos nasceu com alguma deficiência física ou mental, não esqueçamos nunca que foi criado à imagem de Deus e destinado a participar eternamente do seu amor.

B) Que tenhamos a generosidade, a fé e a coragem de receber de Deus todos os filhos que, honesta e generosamente, possamos criar e educar; e que, se alguma vez há motivos objetivamente graves para adiar por algum tempo ou indefinidamente a vinda de filhos, saibamos seguir fielmente (pedindo o conselho e a orientação oportunos) as indicações da Igreja sobre os métodos naturais corretos de protelar a gravidez.

C) [Para os que não tiveram filhos] Que estejamos convencidos de que, se Deus não nos deu filhos, nem por isso quis diminuir em nós o ideal santo da paternidade e da maternidade, porque sempre poderemos viver esse amor de algum modo e, se for o caso, haverá a possibilidade de adotar, com o devido aconselhamento e prudência, uma ou mais crianças sem lar.

Rezar a oração a São Josemaria: ver no final do 1º dia