Novena breve da família: 8)

Esta “Novena breve da Família” tem como finalidade acompanhar o desejo do Papa Francisco de refletir sobre o valor divino da família cristã e de rezar pelo bem da família, preparando assim ao longo do ano os frutos do Sínodo da Família, que será celebrado em outubro de 2015.

8º DIA: EDUCAR OS FILHOS

            Reflexão: Palavras de São Josemaria

1) Os pais são os principais educadores de seus filhos, tanto no aspecto humano como no sobrenatural, e devem sentir a responsabilidade dessa missão, que exige deles compreensão, prudência, saber ensinar e sobretudo, saber amar; e que se empenhem em dar bom exemplo. Não é caminho acertado para a educação a imposição autoritária e violenta. O ideal dos pais concretiza-se antes em chegarem a ser amigos dos filhos; amigos a quem se confiam as inquietações, a quem se consultam os problemas, de quem se espera uma ajuda eficaz e amável (É Cristo que passa, n. 27).

2) É necessário que os pais consigam tempo para estar com os filhos e falar com eles. Os filhos são o que há de mais importante: são mais importantes que os negócios, que o trabalho, que o descanso (É Cristo que passa, n. 27).

INTENÇÕES

Peçamos a Deus nosso Senhor, por intercessão de São Josemaria:

A) Que saibamos entregar-nos de verdade à missão de educar integralmente os filhos que Deus nos confiou, sabendo que nada pode substituir o exemplo diário dos pais.

B) Que Deus nos ajude a ver o modo prático de ensinar-lhes as virtudes básicas, como a lealdade, a sinceridade, o respeito por todo tipo de pessoas, a generosidade, o desprendimento, que são o fundamento das virtudes sobrenaturais.

C) Que nunca esqueçamos que – como ensinava São Josemaria – cada ser humano é como uma pedra preciosa, que tem um modo próprio, único, de ser lapidada e de atingir a perfeição. Que evitemos educar os filhos em série, tentando encaixá-los num mesmo molde.

Rezar a oração a São Josemaria: ver no final do dia 1º