A esperança é dinâmica

Para meditar: a esperança é dinâmica
A esperança não espera simplesmente de maneira passiva o futuro que lhe sorri. Colabora para o advento desse futuro, porque Deus subordina a execução dos seus projetos às aspirações daqueles que devem beneficiar-se deles. Sendo reclamada pelo Deus todo-poderoso, a esperança, como a fé, exerce uma influência eficaz sobre os acontecimentos para os quais se acha voltada, oferece ao poder divino a condição (que Ele pede) para o seu exercício.
(Jean Galot, O coração de Maria)
Só são grandes aqueles que em nós mantêm a esperança e a alimentam; aqueles que nos obrigam a ir até o fim de nós mesmos, e oferecem ao nosso ardor o único ponto de aplicação digno dele – ponto de fusão −: Deus, fogo devorador.
(Pierre Blanchard, Jacob e o Anjo)